quarta-feira, 8 de julho de 2015

Maquina do tempo - No tempo em que Grão Mestre da Maçonaria era um líder


A Maçonaria e a Padrecada Romana

A.J. de Macedo Soares Gr.'. M.'. G.'. Com.'. da Ord.'.

Maçons e Padres romanos em Campinas e na capital de S. Paulo.  —O Ir.'. Maximiano de Camargo.  -Carlos Gomes.  -Errônea interpretação da tolerância maçonica.   -Fernando Osório.   -Attitude digna nesta emergência.

Desdobram-se os acontecimentos; succedem-se os factos vertiginosamente; e d'entre os Ilr.'. moços bem pouco viverá quem não assistir á queda, pouco ruidosa, como a do doente que agonisa mezes e dias, mas muito odiosa, como a do perverso, á queda da egreja romana, da egreja dos papas.

Roma, a pagã, Roma, a dos Césares, cahiu com grandeza das mentalidades que, seculos e seculos, governaram a humanidade, conduzindo-a nas vias do progresso e do aperfeiçoamento até chegar aos seus mais elevados fins. Roma, a christã, Roma, a dos Papas, afunda-se no esterquilinio dos Borgias, ficando, felizmente, livre a humanidade d'esse trambolho immenso e enorme, collocado por Satanaz, o deus do mal, no caminho da perfeição.

leia mais em: https://bibliot3ca.wordpress.com/a-maconaria-e-a-padrecada-romana/

-


Nenhum comentário: